Skip to content

About me

sdm02

Em casa, com Lolita. (Foto: Fernando Bakos)

Simone Marques, 36, é jornalista pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e foi coordenadora de conteúdo do portal Fundacine (www.fundacine.org.br) entre 2004-2010. É fã absoluta do cinema escandinavo, embora também goste de cinema holandês e alemão. Além de cinema, diverte-se com filosofia, artes visuais e literatura. Às vezes, escreve alguma ficção, seus “eslovos”.

Lançou em 2012 o livro Fiorde infinito, ficção de experimentalismo formal, no De Modo Geral, evento realizado pelo escritor Paulo Scott e que integrou a Rio+20 na Casa da Gávea, Rio de Janeiro. Leia a crítica do jornal Público, de Portugal, aqui.

Vive com um gato, Lolita (foto), e um marido criativo em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, embora seu coração deseje estar em Berlim, Estocolmo ou Kopenhagen.

ZuKino foi criado como projeto de mídia temática para o curso “Ferramentas digitais para Jornalismo Investigativo”, do Centro Knight para o Jornalismo na Universidade do Texas em Austin, em outubro de 2009. Agora, a ideia é desenvolvê-lo para torná-lo um site tão abrangente quanto possível sobre o assunto. E você pode ajudar, enviando dicas ou interagindo através do Twitter!

Se liga no ZuKino: esse limãozinho vai dar muito suco!

Simone Marques, 36, is a journalist through the Universidade Federal do Rio Grande do Sul, and was the coordinator of portal content Fundacine (www.fundacine.org.br) from 2004 to 2010. Is an true fan of the Scandinavian cinema, but also like a lot of Dutch and German cinema. Beyond cinema, have fun with philosophy, visual arts and literature. Occasionally writes some fiction, his “eslovos”, and is launching for years Fjord infinity, a short novel whose goal is the formal experimentalism. Lives with a cat, Lolita (pictured), and a creative husband in Porto Alegre, Rio Grande do Sul (South of Brazil), although they wanted to be in Berlin, Stockholm or Kopenhagen.

The blog ZuKino was created as project for the course “Digital Tools for Investigative Journalism” of the Knight Center for Journalism at the University of Texas at Austin in October 2009. Now, the idea is to develop it to make it a site as comprehensive as possible on the subject. And you can help by sending tips or interacting via Twitter! You can also subscribe to ZuKino and receive updates by email, by clicking on “zukinews”. Enjoy!

Connect to the ZuKino: This lemon will give very much juice!

6 Comentários leave one →
  1. 10/02/2013 14:49

    Olá Simone. Estou fazendo uma pesquisa sobre a imigração sueca no Brasil para a UFRJ e procuro suecos morando no Brasil ou que já tenham morando no país.

    Preciso fazer entrevistas com pessoas dentro desse perfil. Você teria contatos para me passar? Ou se não puder passar os contatos, poderia repassar meu questionário para os suecos responderem?

    A entrevista é gravada e anônima, não pergunto nome, renda ou peço foto. Pode ser feita pessoalmente no RJ, por telefone fixo ou por e-mail.

    Vi seu post no site do Wilmar Person e resolvi tentar a sorte.

    Obrigada!

    • 08/06/2013 22:36

      Oi, Juliana.
      Aqui no Rio Grande do Sul a professora de sueco Åsa Heuser pode lhe dar mais informações. Ela é descendente de suecos e tem uma linda história para contar. Minha família era de dinamarqueses, eram muito velhos e não sobrou ninguém para contar a história da família.

      No link abaixo, tem uma entrevista que fiz com Åsa Heuser sobre idiomas incomuns.
      http://revista.penseempregos.com.br/noticia/2012/03/diferencie-se-no-mercado-aprenda-um-idioma-incomum-para-conquistar-mais-oportunidades-3703066.html

      Uma forma de entrar em contato com ela é por meio da Liga Humanista Secular do Brasil. Ela é editora do blog:
      http://www.bulevoador.com.br/
      Espero ter ajudado!
      Um abraço!

  2. anameliacoelho permalink
    18/04/2010 00:11

    Olá! Cheguei ao seu blog procurando um filme escandinavo, recente. Ele passou na tevê a cabo, mas perdi o título. Ele se passa no restaurante de uma família; uma pessoa sai da prisão; outro personagem é muito agressivo. Se puder me ajudar, fico muito grata.

    • 08/06/2013 22:44

      Ana, talvez seja Flickering Lights, de Anders Thomas Jensen.
      http://www.imdb.com/title/tt0236027/
      Se não for, mesmo assim vale a pena, é excelente!
      Um abraço!

  3. fabio bardella permalink
    08/03/2010 01:10

    Deliciosas Maçãs de Adão

    […] É dificil encontrar blogs em português de cinema escandinavo e espero que você continue alimentando-o com muitas novidades. Gosto de cinema off-Hollywood e curto filmes de tudo quanto é país e aproveito pra lhe perguntar se poderia colocar algumas comédias que foram sucesso de público por lá ou se conhece filmes do gênero caper/heist pois é um de meus generos preferidos. […]. Espero assistir as Maçãs de Adão qualquer dia pois já tinha ouvido falar mas não sabia como era o filme pelo seu resumo no blog. Deve ser divertidissimo! Embora assista não curto filmes muito densos não, gosto de ouvir as línguas diferentes do português, as paisagens dos lugares, a trilha sonora de artistas que a gente não conhece. Portanto, obrigado por criar esse blog! […] Fábio Bardella

    • 08/03/2010 05:29

      Fábio, fico muito contente em que você tenha curtido o ZuKino!

      O foco aqui não são somente as novidades, mas a produção contemporânea nórdica em geral que chama a minha atenção, além de chamar a atenção para diretores promissores. Esse blog faz parte de um projeto mais amplo em andamento e pretendo incrementá-lo com novidades em breve. Espero que você prossiga aparecendo por aqui!
      =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: