Skip to content

Palhaço descabelado estoura bilheterias

13/02/2011

O ZuKino volta finalmente de férias, e já tem vários temas quentes para dar o boot em 2011: a indicação de In a better world, de Susanne Bier, para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro; o estrondoso sucesso de Klovn: The Movie, de Mikkel Norgaard; além de um post recheado sobre a excelente série policial sueca Wallander. Também é preciso acompanhar de perto a disputa dos escandinavos no Festival de Berlim e muitas outras novidades no cinema nórdico. Há bastante trabalho.

Vamos começar com Klovn, The Movie, por ser um filme que dificilmente será lançado por aqui sem chocar defensores dos bons costumes, por conta do seu grau de ousadia em cenas de sexo. Lançado em 16 de dezembro de 2010 na Dinamarca, sob censura para menores de 11 anos, o longa-metragem de Mikkel Norgaard nasceu a partir de uma série de TV, e recebeu, no dia 7 de fevereiro, o Robert Awards na categoria Audiência. O prêmio é oferecido pela Film Academy of Denmark (Danmarks Film Akademi), em Copenhagen.

A obra é uma sátira escandalosa e já havia inflamado os ânimos do público dois meses antes com a exibição de seu cartaz, que traz o ator Casper Christensen nu, com um membro gigantesco — metade coberto por uma mão masculina, o que aumenta o impacto da outra metade visível —, deitado entre outras pessoas igualmente nuas em diferentes posições. Na época, o cartaz provocou um debate na imprensa local sobre se o pênis de Casper Christensen era verossímil, se pertenceria mesmo ao ator, e indagava a opinião das pessoas a respeito dessas questões protuberantes. A discussão foi mantida em um tom de bom humor, sem qualquer reprovação ou preocupação com repercussões morais ou negativas. Não obstante, o trailer de Klovn foi inicialmente proibido no YouTube em razão de seu conteúdo sexual. O mundo não tem humor dinamarquês.

Cartazes de Klovn, The Movie: Dinamarca (L.) e e EUA (R.): sátiras com Antichrist e Beleza Americana.

Entretanto, o trailer está de volta ao YouTube pelo efeito da multiplicação. Entre as cenas mais quentes do filme, que não aparecem na divulgação, Casper Christensen tem relações sexuais com outro homem, Frank Hvam, e, simultaneamente, enfia o dedo no ânus de uma mulher. Contudo, a obra não pretende ser pornográfica, e sim engraçada. Parece que conseguiu bem mais que isso.

E não é somente por mostrar cenas de sexo incomuns, mas por ser uma obra de autoficção, ou seja: o ator Casper Christensen e o comediante Frank Hvam autointerpretam-se. Seus papéis no filme recebem os seus nomes reais e fazem referência à sua vida; a partir disso, o limite entre dentro e fora das telas se confunde em um jogo de  espelhos que brinca com a realidade e a ficção. Há aqui uma apreciação crítica sobre Klovn, feita a partir da série de TV, pelo Danish Journal Film Studies. Assista ao trailer oficial de Klovn no site da TrustNordisk. Abaixo, a versão do YouTube.

Em fevereiro de 2011, Klovn tornou-se o filme mais popular da década na Dinamarca, e é o 11º filme mais visto da história do país, com a venda de fabulosos 828.864 ingressos até esse momento – e pode bater o recorde de bilheteria dos últimos dez anos pertencente a Den Eneste Ene (1999), de Susanne Bier, que vendeu 843 mil ingressos. “Acreditamos que o filme venderá mais de 850.000 bilhetes e, portanto, ficará em terceiro no ranking entre os filmes mais vendidos na memória recente da Dinamarca”, entusiasma-se Jan Lehmann, diretor da distribuidora Nordisk Film.

Menos de três meses após a estreia, a produtora Zentropa está pronta para produzir uma possível sequência para Klovn, The Movie: “Quando Casper Christensen, Frank Hvam e diretor Mikkel Norgaard estiverem prontos, também estaremos prontos para dar-lhes o melhor ambiente que pudermos para fazer o filme”, anunciou o produtor Luiz Vesth ao jornal Politik. Está curioso? No site da Zentropa, é possível comprar o box completo da série. Quanto ao filme, é esperar a TrustNordisk lançar o DVD. Ou não, claro. 😉

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: